FITA ENXERTIA

92
0 Opiniões

Por:
R$ 30,00

ou 6x de R$ 5,00 Sem juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Descrição Geral

Fita Enxertia.

Uma fite de material siliconado, em um tamanho já ideal para fazer enxertos. É a melhor fita disponível para a enxertia por pressão de rosas do deserto.
Como ela é feita de material siliconado, ela consegue esticar o suficiente para fazer os nós necessários.

Aqui uma playlist de vídeos de enxertia no meu canal do YouTube:

https://www.youtube.com/playlist-enxertia

Além disso, aproveita para ver os outros produtos para enxertia, como a cola na parte de acessórios:

https://www.apoloniagrade.com.br/acessorios-de-cultivo

CURIOSIDADES SOBRE ENXERTIA

A enxertia é um dos fatores que coloca a Rosa do Deserto nesse pedestal particular que nenhuma outra planta parece ser capaz de ocupar. A operação em si não é nenhuma novidade, e já é amplamente utilizada na agricultura, na horticultura e na floricultura em geral. O que chama a atenção no Adenium é o quão bem ele recebe essa operação.

A verdade é que a enxertia é uma técnica bastante agressiva, e causa bastante estresse na planta. O tempo de recuperação da Rosa do Deserto é baixíssimo e só tende a diminuir ainda mais conforme novos métodos para enxerto vão surgindo. Além disso, a integração entre o galho enxertado e o tronco receptor, caso bem sucedida, costuma ser tranquila e rápida.

Um enxerto bem realizado pode dar flores em menos de um ano. Isso seria o equivalente a fazer uma cirurgia no joelho e jogar em uma equipe profissional em menos de doze meses.

O que é e pra que serve

A enxertia ou o enxerto, é uma técnica que busca passar características desejáveis de um indivíduo a outro. Na horticultura, por exemplo, é comum o enxerto de galhos de laranja em pé de limão, ou vice versa. Também é muito utilizada na medicina, para ajudar na recuperação de tecidos, como pós cirurgia, ou uma queimadura mais forte. No caso dos Adeniums, a qualidade valorizada é a flor.

Uma das características da Rosa do Deserto, é sua gigantesca variabilidade genética, o que significa que existem muitas flores diferentes entre si. Barbie Girl, Mah Biee, L 14… É raro uma espécie de planta ter cores, formas, tamanhos e até cheiros tão diferentes entre si, e continuar sendo considerada “uma planta só”.

Sua grande capacidade de mutação chega a ultrapassar sua capacidade de desenvolvimento, ou seja, é mais demorado esperar que uma Rosa do Deserto chegue à idade adulta e comece a dar flores, do que obter, analisar, catalogar e absorver uma nova flor. O tempo de crescimento se tornou uma boca de funil, que prolongava o tempo necessário para a obtenção e produção de novas flores.

Para contornar esse obstáculo, e aumentar em grande medida a quantidade e variabilidade de flores disponíveis, começamos a retirar galhos de variedades raras e/ou específicas, já em condições de floração, e enxertar/inserir em troncos de plantas mais comuns. Assim, o tronco de flor comum fornece energia para o galho de flor especial, o que resulta numa floração especial. Essa técnica nos fornece uma abundância muito generosa de belíssimas flores, com troncos bem formados e fortes, ideais para começarem a nos presentear com florações vigorosas e com quase nada de espera!

Ficha técnica da Fita Enxertia

Capacidade da fita de enxertia: Aproximadamente uns 300 enxertos para mais
Tamanho da fita: De 5 a 6 cm de grossura x .....m de comprimento
Cor: Fita transparente esbranquiçada, e é fácil de esticar
Desenvolvimento da enxertia: Após alguns dias já é possível ver os primeiros enxertos a brotar. O plástico pode ser retirado em quinze dias, mas se esquecer, não tem problema. A consistência do plástico permite que o novo broto empurre o plástico sozinho.

Comentários

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Produtos visitados